quinta-feira, 29 de maio de 2014

Previdência para os filhos? Já garantiu a sua antes?

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS.
Percebo ouvintes e leitores preocupados em fazer um plano de previdência para os filhos. Não é errado, mas alguns atrasam dívidas para isso. E ainda: a maioria não pensa na própria aposentadoria.

Minha resposta: quando se fala em dinheiro, o melhor presente que podemos deixar para nossos filhos é que eles não tenham que se preocupar com as nossas finanças. Primeiro, faça o seu colchão financeiro para a sua velhice, quando você terá mais tempo para aproveitar coisas boas da vida! Deixe, assim, os filhos livres para fazerem o mesmo para seus netos. Promessa de uma convivência muito mais saudável.

Quando se fala em aposentadoria, quanto mais cedo se pensar nisso, melhor. O ideal é que, aos 40, 30 e até aos 20 anos, parte da renda mensal já seja destinada para isso. Calcula-se que os brasileiros que alcançam os 60 anos vivam ainda até quase os 82 anos, segundo o IBGE. Aos 65 anos, a idade sobe para 83.

Ou ainda tem quem pense “tenho filhos para que me sustentem na velhice”?

Fonte! Chasque (postagem) de fundamento de Giane Guerra, postado no sítio Acerto de Contas no dia 28 de maio de 2014. Abra as porteiras clicando em http://wp.clicrbs.com.br/acertodecontas/2014/05/28/previdencia-para-os-filhos-ja-garantiu-a-sua-antes/?topo=52,1,1,,171,e171