sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Aposentados do fundo Aerus cobram o pagamento de benefício


Aposentados das antigas companhias aéreas Varig e Transbrasil fizeram protesto no Aeroporto Santos Dumont
Aposentados do Fundo de Pensão Aerus fazem vigília para acompanhar
 o julgamento da Ação de Defasagem Tarifária pelo STF

Rio de Janeiro – Aposentados das antigas companhias aéreas Varig e Transbrasil fizeram um protesto, hoje (10), no Aeroporto Santos Dumont, no centro. A manifestação dos associados ao fundo de pensão Aerus ocorre em cinco aeroportos do país e reivindica o pagamento integral da aposentadoria, suspenso desde que a Varig encerrou suas atividades, em 2006.

Segundo o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) cerca de 10 mil idosos reivindicam o pagamento da sua aposentadoria. No Santos Dumont, manifestantes exibiam faixas pedindo respeito e que os salários da aposentadoria fossem colocados em dia. Eles ainda fizeram um minuto de silêncio em respeito aos idosos que morreram enquanto esperavam a regularização do pagamento dos benefícios.

O diretor do Sindicato Nacional dos Aeronautas, Marcelo Bona, informou que desde 2002, com o fim da Transbrasil, os benefícios dos aposentados vêm diminuindo. “As aposentadorias foram diminuídas. Essas aposentadorias começaram a ser diminuídas proporcionalmente de 2002 para cá”. Ele acrescentou que, atualmente, os aposentados recebem 8% do valor contribuído para receber um benefício correspondente ao que foi contratado.

Ainda segundo o diretor, a Presidência da República firmou um compromisso com o sindicato de auxiliar os aposentados do fundo Aerus. “Desde agosto nós estamos aguardando o compromisso feito pela Presidência da República em amparar os aposentados do Aerus, o que não está acontecendo, até o momento”.

Uma comissão do SNA está em Brasília para uma reunião na Casa Civil da Presidência da República ainda nesta terça-feira. Amanhã (11), o Supremo Tribunal Federal deve julgar a defasagem tarifária ocorrida.

A Federação Nacional dos Trabalhadores em Aviação Civil, vinculada a Central Única dos Trabalhadores informou que, com a dívida deixada pela falência das principais patrocinadoras do Aerus os aposentados tiveram os benefícios reduzidos, chegando a receber 8% dos valores originais.

Fonte! Chasque publicado no sítio Portal Exame, no dia 10 de dezembro de 2013. Abra as porteiras clicando em http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/aposentados-do-fundo-aerus-cobram-o-pagamento-integral-de-be.

................................

Faço parte de um fundo de pensão fechado, desde 1999 - FAPERS. Já tenho um bom capital lá.... mas lembro todos os dias e comparo o meu futuro de aposentado, com os aposentados da Varig, que para os gaúchos era um dos maiores orgulhos, mas que teve fim, e com este fim, a penúria dos aposentados atuais, com aposentadorias complementares pífias e miseráveis. E eles clamando por justiça.

A solução é fazer o seu pé de meia em vários balaios. Não jogar tudo no fundo de pensão. Diversificar em alguns ou vários produtos financeiros com o objetivo / foco a aposentadoria complementar.

Valdemar Engroff