domingo, 19 de janeiro de 2014

Nesta época de liquidações, dicas para o consumidor fugir das compras por impulso

Créditos: www.sindicond.nae.com.br
De olho nas liquidações do varejo neste mês e suas ofertas tentadoras, os consumidores devem, porém, adotar medidas que evitem o descontrole do orçamento doméstico e o superendividamento. Economistas da Serasa explicam que, devido às festas de fim de ano, muitos consumidores já devem estar endividados. Assim, os que normalmente não conseguem controlar seus gastos, devem evitar fazer compras sem necessidade nesse período.

A orientação é planejar, aproveitando as liquidações para adquirir apenas o que é necessário e vantajoso para o consumidor.

E, antes de se deixar seduzir pelas ofertas, deve fazer as contas e relacionar as dívidas que já tem e lembrar que janeiro vai deixar o bolso do consumidor mais vazio, com o pagamento do IPVA , IPTU, matrícula e material escolar, além dos gastos com as férias.

Abaixo, leia algumas dicas dos profissionais para você não cair no descontrole financeiro:

1 - Relacione todas as dívidas já assumidas com o objetivo de saber se há espaço no orçamento da família para novas compras;

2 - Planeje as compras, desde uma roupa até uma televisão. Reflita se está realmente precisando daquele produto. Discuta a necessidade da compra com a família;


3 - Faça uma lista dos itens que pretende comprar, regra básica para evitar gastar por impulso.


Lembre-se dos gastos do início do ano. Além de pagamento de impostos (IPVA e IPTU) e compra de material escolar e matrícula, há as despesas de férias
Se precisar parcelar as compras, procure fazer a curto prazo. E cuidado ao usar o cartão de crédito. 


Fonte! Chasque (texto) postado por Maria Isabel Hummes, no Blog da Bella, no dia 07 de janeiro de 2014. Abra as porteiras clicando em http://wp.clicrbs.com.br/blogdabela/2014/01/07/nesta-epoca-de-liquidacoes-dicas-para-o-consumidor-fugir-das-compras-por-impulso/?topo=13,1,1,,,13.

 ...............................

A título de colaboração, colocamos o seguinte comentário do Blog da Bela:
  • Valdemar Engroff diz: 7 de janeiro de 2014
     
    Buenas tardes

    A título de colaboração a este chasque (texto):
    1 – Não parcelo nada;
    2 – Não faço dívidas sob hipótese alguma;
    3 – Meu cartão de crédito foi cancelado há uns três anos (cartão pra que????);
    4 – Não passeio em shopping (não olho vitrines)
    5 – Não compro nada em véspera de datas comemorativas, pois os preços sobem de elevador;
    6 – Minha renda, meus gastos diários mensais e meus investimentos (e da minha família) são lançados numa planilha de excel, no momento que há movimentação;
    7 – Sem dívidas vivo sem stress e sou mais feliz….
    8 – Estas atitudes não impedem que eu viva bem. Portanto, é possível viver COM planejamento diário / mensal / anual no bolso da bombacha….