quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Previdência privada avança 32%

São Paulo - A indústria de previdência privada registrou um crescimento de 32% no primeiro semestre deste ano em relação a igual período do ano passado. A arrecadação do setor foi de R$ 33 bilhões, segundo balanço divulgado ontem pela Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), durante o VI Fórum Nacional de Seguro de Vida e Previdência Privada, que ocorre na capital paulista.

Os poupadores individuais lideraram os investimentos no período com aportes de R$ 28,6 bilhões, uma alta de 36,3% em relação ao primeiro semestre de 2011. Os planos de previdência VGBL (Vida Gerador de Benefícios Livre) tiveram a maior expansão nas arrecadações no período, de 38,2%, totalizando R$ 28 bilhões. Já a indústria de seguros de pessoas fechou o primeiro semestre com R$ 10,5 bilhões em prêmios emitidos, um crescimento de 13,7% ante igual semestre de 2011. As contratações de seguros contra perda de renda e prestamista - que garante o pagamento de dívidas do segurado em compras de bens - lideraram o aumento. O volume de contratos contra perda de renda cresceu 174% no primeiro semestre, para R$ 64,4 milhões, sendo a categoria com maior arrecadação no período, evidenciando a cautela entre os consumidores.

Fonte! Chasque publicado no jornal Correio do Povo de Porto Alegre (RS), na edição do dia 22 de agosto de 2012.