sexta-feira, 10 de agosto de 2012

BC decreta liquidação da Diferencial

Desde 1968 em operação no mercado, a Diferencial Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, de Porto Alegre, teve liquidação extrajudicial decretada ontem pelo Banco Central do Brasil (BC). A medida também atingiu a Quantia Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários, de São Paulo. Classificada pelo BC como corretora de médio porte, a Diferencial também tem agência na cidade de São Paulo. A Supervisão do BC verificou que as instituições teriam se valido da condição de autorizadas a operar no Sistema Financeiro Nacional para conduzir operações com preços fora do padrão de mercado.

Conforme o BC, na data-base março de 2012, a Diferencial teria apresentado comprometimento patrimonial. Devido a irregularidades apuradas nos dois casos e de comprometimento patrimonial, no caso da Diferencial, o BC decidiu pela liquidação extrajudicial das instituições.

A Corretora Diferencial recebeu com surpresa a nota do BC. Nenhum cliente da empresa teria sido lesado tanto em seus interesses quanto em seus recursos aplicados. O responsável pela área de marketing da Diferencial, Mário Luiz Cora, informou que o assessor jurídico da empresa trabalha na preparação da defesa da corretora. De acordo com Cora, como a corretora está atuando normalmente, não há nenhum cliente lesado. O procurador Tarso Vieira Marques deverá ingressar com ação com o propósito de esclarecer e reverter a liquidação extrajudicial.

Fonte! Chasque publicado no jornal Correio do Povo de Porto Alegre - RS, na edição do dia 10 de agosto de 2012.