segunda-feira, 5 de julho de 2010

Planejamento: a chave para a tranquilidade financeira

Numa época em que no mundo inteiro tem se falado em crise econômica, nada é mais prudente para a família do que colocar em prática um bom planejamento financeiro para sair ou evitar entrar no vermelho. A dica mais comum entre os especialistas no assunto é começar a controlar as despesas de forma a não ultrapassar o orçamento familiar.

A recomendação de Gustavo Cerbasi autor do livro “Casais inteligentes enriquecem juntos” é planejar os gastos a dois. “0 planejamento financeiro tem um objetivo muito maior do que simplesmente não ficar no vermelho. Mais importante do que conquistar um padrão de vida é mantê-lo, e é para isso que devemos planejar. Os maiores benefícios dessa atitude serão notados alguns anos depois, quando a família estiver usufruindo a tranqüilidade de poder garantir a faculdade dos filhos ou a moradia no padrão desejado, por exemplo”, aponta o autor do livro.

Fazer um planejamento familiar requer paciência e disciplina para colocá-lo em prática, é o que indica o assistente comercial André Borges, que tinha uma dívida de oito mil reais e em 12 meses conseguiu quitar a dívida e ainda ficou um saldo positivo de três mil reais. “A primeira vez que me despertei para a questão financeira foi ao assistir a uma palestra do consultor da área de finanças pessoais, Ebenézer Bittencourt. Depois disso, passei a estudar sobre dinheiro”, relata Borges.

Ele conta que o segredo para ter um bom desempenho financeiro é ter controle do medo e do desejo. “A gente não pode ter medo de investir dinheiro em alguma coisa que vá trazer retorno, mas também não pode se deixar levar pelo desejo de comprar, principalmente coisas fúteis”, explica.

Com a tecnologia já é possível ter ajuda para não perder de vistas os gastos familiares, para isso basta escolher um software de controle financeiro disponível na internet.

André Borges faz as contas numa planilha simples, graças ao aprimoramento que ele e sua esposa tiveram no curso de noivos e do grupo de estudos de finanças que ingressou junto com seu PG. O casal fez um investimento em uma caderneta de poupança, além de ter estudado sobre aplicação no mercado de ações. Agora que aprendeu a economizar a meta do casal é quitar o financiamento do carro e da casa que está em construção antes da metade do tempo previsto.

O autor Gustavo Cerbasi explica que uma das vantagens em ter o controle das finanças é poder escolher um investimento para se fazer em longo prazo. Poupança, ações, títulos públicos são os tipos de investimentos mais conhecidos. Antes de fazer uma aplicação, é necessário analisar o retorno, a liquidez e os riscos de cada tipo de investimento.

Para os casais da Sibapa que desejam conhecer mais sobre planejamento financeiro familiar é oportuno garantir inscrição no curso Foco – Finanças Organizadas com Competência, que deverá ser realizado no segundo semestre de 2010.

Se você gasta mais do que ganha:

Converse com sua família para que, juntos, possam começar a cortar algumas despesas e organizar a situação financeira. Defina as metas ou necessidades da família. Calcule a renda disponível. Pare e pense na melhor forma de alcançar seus objetivos.

Ajuda on-line

Faça a planilha de gastos da sua família com a ajuda de um software http://bit.ly/planfin

Curso online gratuito oferecido pelo Sebrae: Análise e Planejamento Financeiro http://bit.ly/cursofin

Fonte! Chasque publicado no dia 04 de julho de 2010 no sítio do Sibapa - http://www.sibapa.net/.