quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Atitude 56! Dois anos do O Bolso da Bombacha! ! !


O primeiro retrato de abertura do sítio
 Bueno! Este é um sítio direcionado aos tradicionalistas do meu Rio Grande e do Brasil. Ele foi criado no dia 18 de dezembro de 2009, mas com foco total nos cobres, nos pilas, nas finanças pessoais da gauchada, bem como nos investimentos e perpectivas para um futuro e velhice mais tranquilos, ou seja, encaminhamentos para evitarmos os apertos financeiros desta vida, para quando a terceira idade bater na porta do nosso rancho, com dois propósitos bem pessoais que são:

1 - Escrevendo e/ou publicando chasques de outros entendidos no assunto, somos obrigados a parar de "pular" a página de economia dos jornais (íamos direto para a página esportiva....); somos obrigados a ler livros que tratam do assunto, bem como de sítios que tem às pencas nesta tal de internet;

2 - Escrevendo e/ou publicando chasques de educação financeira aqui no O Bolso da Bombacha, temos o firme propósito de atingir o bolso da bombacha dos tradicionalistas, pois estes, não podem trabalhar e viver a vida como se trabalha e se organiza um galpão de CTG, que, de acordo com o Código Civil Brasileiro, "são sociedades sem fins lucrativos".

Aproveito e faço uma pequena retrospectiva:
A - Nestes dois anos, batemos nos 35.000 mates, mais ou menos assim distribuídos (vistantes dos dez países que mais tomaram mate):
1 - Brasil 22.564
2 - Estados Unidos 12.149
3 - Portugal 528
4 - Alemanha 256
5 - Rússia 159
6 - Holanda 94
7 - França 91
8 - Reino Unido 77
9 - Irlanda 76
10 - Coreia do Sul 65

Se me perguntares se o número de visitas é baixo, te diria que poderia ter mais acessos. Mas, o sítio foi criado com o objetivo de quebrar um paradigma, pois, somos o primeiro e talvez o único sítio que trata das finanças pessoais em lunguagem de galpão de CTG. E aqui não divulgamos o fandango, o baile, o rodeio, o Enart, a Fecars, os chasques do MTG, chasques culturais, etc. Estes tu podes acessar no http://www.sitiodogauchotaura.blogspot.com/, ou no sítio do meu amigo Léo Ribeiro de Souza de Porto Alegre (http://www.blogdoleoribeiro.blogspot.com/), ou do amigo e irmão dos pagos do Rio de Janeiro, o Valmir Gomes, do sítio O Cariucho e o Tradicionalismo (http://www.ocariucho.com.br/), ou ainda, nos sítios tradicionalistas que tu podes acessar ali, no lado direito do teu monitor.....

B - Atitude - utilizamos esta nomeclatura quando o chasque é de nossa autoria. O que mais gostamos e aqui publicamos foi um comparativo entre ser um CTG e uma S/A, que tu podes acessar abrindo as porteira clicando em http://obolsodabombacha.blogspot.com/2010/10/atitude-33-agir-como-um-ctg-ou-como-uma.html

C - O chasque mais acessado, com mais de 3.000 acessos, é do então Presidente do Correio do Povo de Porto Alegre (RS), com o título "Quantos Zeros tem Um Trilhão?". Para ler abra a porteira clicando em http://obolsodabombacha.blogspot.com/2010/03/quantos-zeros-tem-1-trilhao.html.

D - Outro chasque que gostei muito de elaborar e postar aqui foi "Atitude 40! Custa muito caro manter um carro. É assutador". Desde que meu carrinho popular saiu da concessionária, as despesas do mesmo são anotadas numa planilha. com certeza é um dos motivos da troca do mesmo não ter acontecido ainda, pois ele está passando dos 171.000 km, ano de fabricação 2004. Abra as porteiras clicando em http://obolsodabombacha.blogspot.com/2011/02/atitude-40-custa-muito-caro-manter-um.html

E - O que levamos para a vida pessoal e familiar? Até abril de 2008, somente eu tinha uma luz direcionada à velhice, com participação em um fundo fechado de pensão, além da velha caderneta de poupança. A esposa nem caderneta de poupança tinha e as filhas, na época com 17 e 12 anos, somente tinham este investimento. Em abril daquele ano, todos nós abrimos previdência privada, com valores menores para as crianças e maior para a esposa (todos com VGBL). E eu, para não deixar tudo num só balaio, fiz um PGBL. Mas, sem educação financeira, ou apenas no começo desta, arcamos com despesas mensais e periódicas com estes produtos: 5% de carregamento e 3,5% de taxa administrativa. Um verdadeiro confisco. Um ano depois fizemos a portabilidade baixando o carregamento de 0% a 2% (quanto maior o valor mensal aportado, menor o  percentual do carregamento). Mas a taxa administrativa ainda alta - 2%. Agora estamos em vias de aplicar outra portabilidade, com 0% no carregamento para todos e 1% a 1,4% na taxa administrativa.

Naquele ano também fiz um curso de como investir na bolsa. Me inscrevi numa corretora, mas esta não investia muito em cursos e palestras. Troquei no final do ano passado e atualmente trabalhamos (eu, a esposa e as filhas) com a XP, via Derivés Investimentos (uma afiliada da XP). E todos os integrantes da família estão na Bovespa. São pequenos valores mensais e peródicos que são aportados num clube de investimentos. Além disso, tenho cotas de um fundo imobiliário e pretendo aplicar no Tesouro Direto em 2012.

O orçamento doméstico está implantado no meu rancho desde abril de 2008. Sei "quanto custa" cada integrante da família. Paralela a esta simples planilha em excel, utilizo a planilha DiSOP, do Reinaldo Domingues, que separa as despesas por grupos tais como: despesas com a residência, pessoais, veículos, lazer. Em contra-partida, tem o grupo de receitas e de investimentos. E todos estes grupos tem o seu percentual de participação dentro do mês. É fantástico.

F - Gosto muito do primeiro chasque publicado aqui no sítio, que tu podes ler abaixo, pois, ele continua atual:

ESTAMOS CHEGANDO A GALOPE

Bueno!

Caros Tradicionalistas e gauchada em geral!

Estamos acostumados a divulgar o Movimento Tradicionalista Gaúcho, os eventos dos nossos CTGs, de Alvorada, da 1ª Região Tradicionalista do RS e do MTG, em dois jornais daqui de Alvorada (Jornal A Semana desde dia 03 de dezembro de 1998 e Jornal de Alvorada desde março de 2007). Ambos tem circulação semanal.

Fomos por sete anos consecutivos o responsável pela divulgação do Tradicionalismo Gaúcho na 1ª Região Tradicionalista do RS, ocupando o cardo de Diretor de Divulgação (de 2000 a 2007).

Temos mais de 120 CTGs filiados somente na 1ª Região. Temos no Rio Grande do Sul mais de 1.500 CTGs filiados. Ao todo, temos no Brasil e no exterior, somados aos do Rio Grande, mais de 3.000 entidades filiadas.

Agora vejam: Tudo isso é movido a dinheiro. Tudo isso, além de ser o maior segmento cultural organizado do mundo, faz gerar a economia, pois, estes tradicionalistas tem carro, tem suas pilchas, muitos tem cavalos, e aí vai ração, cocheira, alfafa, medicamentos..... Os CTGs são como empresas, pois realizam eventos, compram carne, outros alimentos, bebidas, e contratam o conjunto, ou seja, tudo isso é uma roda vida. É a economia gerada pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho.

Mas, neste espaço, dedicado em especial aos tradicionalistas, vamos abordar as FINANÇAS PESSOAIS, pois, o gaúcho, mesmo sendo um fervoroso tradicionalista, também ENVELHECE. E se não se preocupar em fazer uma PREVIDÊNCIA PRIVADA, e/ou outros investimentos ao longo de sua vida, quando se aposentar, aí poderá ser tarde demais, e vai depender da aposentadoria do INSS.

E sabes o que quer dizer INSS????????

Resposta: ISSO NUNCA SERÁ SUFICIENTE.

Portanto, estaremos trazendo CHASQUES sobre os diversos meios e modos de o vivente fazer os seus investimentos para o futuro. O primeiro passo É NÃO GASTAR MAIS DO QUE GANHA. o segundo passo poderá ser FAZER UM ORÇAMENTO DO SEU RANCHO, anotando todas as RECEITAS e todas as DESPESAS, isso mês a mês!

Cordiais Saudações Tradicionalistas

Valdemar Engroff