quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Como Saber Se Você é Um Milionário

Basta você olhar para seu valor líquido do seu patrimônio e verificar o número de dígitos. Mas ser um milionário é muito mais sobre atitude, pois isto é a base de tudo. Aqui estão algumas maneiras pelas quais você pode dizer se você realmente chegou na classe dos milionários — atitude e tudo o mais.

O Que Você Conseguiu Fica Com Você

Os bons hábitos desenvolvidos durante a sua fase de acumulação não desaparecerem uma vez que você alcançou seu número mágico de riqueza. Você ainda pode fazer escolhas conscientes sobre seus gastos. Você ainda atribui seu próprio valor para compras e desiste da compra se a cotação de venda é mais do que a coisa vale para você. Você ainda anota seus objetivos e lembra-se deles regularmente. Você não acredita em atalhos financeiros e você pode farejar uma arapuca financeira a quilômetros de distância.

Você Trabalha Por Que Quer

Quando ouve pessoas dizerem que iriam parar de trabalhar no momento em que ganharem na loteria, você agita sua cabeça quase que piedosamente, porque você sabe. Você sabe que trabalho lhe dá um sentido de propósito e realização. Ele fornece um desafio que o liberta do tédio e da depressão. Oferece uma saída para sua energia criativa e aumenta o seu senso de autoestima — não apenas seu patrimônio líquido.

Para ter certeza, alguns milionários acumulam suas fortunas fazendo um trabalho que eles não gostam. Mas tão logo eles alcançam seus objetivos financeiros, normalmente mudam de carreiras para algo que eles realmente gostam; na verdade, ser capaz de fazer o trabalho que você ama é um grande motivador para acumular riqueza em primeiro lugar.

Isso é uma grande vantagem para ter riqueza: você não trabalha porque precisa da renda para fazer face às despesas. Você trabalha porque deseja — porque você encontrou algo que desafia e inspira você e o faz quer acordar de manhã.

Você se Concentra em Si Mesmo — Não no que os Outros Têm

Inveja, pressão de grupo e competir com o vizinho são coisas do passado. Você tem uma visão clara sobre o que quer e quais são os seus valores e você não é tentado a seguir a multidão apenas por uma questão de ser aceito. Com certeza, você investiga novas oportunidades, analisando-as com uma mente aberta. Mas você não é seduzido por bajulação ou argumentos bonitos; você confia em seu próprio julgamento.

Porque está concentrado em si mesmo, você não vai gerir seu dinheiro como se fosse uma competição. Afinal, você não pode competir sem um adversário e se você não está concentrado no que outras pessoas estão fazendo, você não pode vê-los como adversários. Outras pessoas podem não entender as escolhas que você fizer, seja financeiramente ou em outras áreas de sua vida, mas que não realmente lhe dizem respeito, porque você já aprendeu a escutar a si mesmo e fazer o que faz sentido para você.

Atualize Seus Objetivos

Franklin Roosevelt disse uma vez “ninguém nunca chegou a lugar algum ficando parado”. Você sabe que a complacência é a antítese da façanha e o ajuste constante do objetivo é o truque para evitar a complacência. Alguns dos seus objetivos ainda são financeiros — parte porque objetivos atuais podem custar mais do que você havia definido quando estava apenas começando a construir a riqueza e parcialmente porque você sabe que o crescimento financeiro é seu único seguro contra a inflação e a subsequente desvalorização do que você já acumulou.

Você também sabe que a passagem do tempo e seu próprio crescimento pessoal e experiência influenciam seus objetivos e suas prioridades. Você é flexível o suficiente para reconhecer e atuar sobre essas alterações e forte o suficiente para descobrir como enfrentar novos desafios.

Você Está Sempre Bem Informado e No Controle

Ninguém se preocupa tanto com sua saúde financeira quanto você. Você procura ouvir conselhos e opiniões dos outros, mas não confere autoridade financeira a ninguém. Você tem a última palavra em como o seu dinheiro é gerenciado. Esta atitude protege você contra charlatões e o impede de cair no conto do vigário.

Você compreende que gerenciar bem o seu dinheiro exige pensamento e energia. Você está feliz em investir pensamentos e energia, porque está mais focado do que ninguém no que quer para si mesmo. Você gosta de estar a frente de suas finanças porque isso lhe dá uma sensação de segurança, confiança e independência.

Você Sabe Dizer Não

Você se sente confortável em dizer não quando é apropriado — não para ser uma pessoa má ou sem coração mas porque a proposta não é boa nem para você nem para o solicitante. Você sabe que há uma diferença entre dar um conselho e dar uma ajuda financeira e você sabe que um conselho é melhor a longo prazo. Talvez você tenha sido abordado por amigos ou parentes que queiram que você pague seus apuros financeiros ou querem que você invista nos seus negócios ou financie sua educação.

Talvez eles tentem jogar com sua solidariedade com relação às suas circunstâncias ou a culpa que eles esperam que você sinta por ser diferente e por estar em melhores circunstâncias. Talvez eles pensem que, porque você tem dinheiro, você deve sempre pagar a conta quando forem jantar fora ou quando forem a festas ou dar lhes presentes extravagantes.

Mas você reconhece esses fundamentos pelo que eles são: uma maneira infalível de sabotar tudo o que você trabalhou para conseguir com nenhuma garantia de que seu investimento será recompensado por você ou qualquer outra pessoa. Você pode dizer não sem se sentir culpado, e, porque você pode fazer isso, você pode falar sim com grande entusiasmo.

Você Enxerga os Benefícios do Risco

Você pode ter problemas para entender pessoas que são mais avessas ao risco do que você. Você sabe que a fórmula para a criação de riqueza sempre se resume a maximização do retorno ao mesmo tempo que minimiza os riscos, assim você pode ficar confuso quando outros fazem escolhas que realmente não maximizam seus retornos.

Você já aprendeu a gerenciar riscos, assim eles não o assustam. Na verdade, você pode até ser mais desconfiado de algo que é muito seguro, porque você sabe que a oportunidade limita a segurança. Você ainda pesa riscos com cuidado e faz o que poder para minimizá-los, mas não tem medo de assumir riscos calculados. Você pode ver a linha entre a tolice e a sensatez e raramente ou nunca será tentado a atravessá-la.

Você Está Preparado

Você não acha que a situação atual e o seu futuro estão por si só garantidos. Com certeza, você sabe que se sua fortuna for aniquilada por outra queda do mercado de ações, você pode sempre reconstruir. Mas você não está preocupado com isso, porque não coloca todos os ovos financeiros na mesma cesta. Suas finanças são diversificadas e equilibradas para que você possa sobreviver em tempos de tempestade.

Você também está preparado para outras contingências. Você tem seguro de saúde para protegê-lo agora e no caso de uma doença. Você tem seguro para habitação, carro e seus outros pertences. Você tem um ótimo seguro de vida para seus entes queridos. Você já descobriu como deseja que seus ativos sejam distribuídos entre seus herdeiros e coloca seus desejos por escrito.

Você Desfruta da Abundância em sua Vida

Você sabe que a riqueza e abundância não são a mesma coisa. Ter dinheiro dá-lhe mais opções, mas muitas vezes as coisas que escolhe são coisas que estão disponíveis a todos: a companhia de amigos, o amor da família, o calor do sol em seu rosto, o frescor da grama em seus pés. Um espírito aberto e generoso já é algo quase instintivo e você aplaude as conquistas do próximo como aplaude as suas.

Você sabe que outros podem fazer o que você fez, porque os “segredos” que usou são realmente questões de escolha, senso comum, dedicação e paciência. Você incentiva outras pessoas a procurar oportunidades e livremente compartilha o conhecimento que adquiriu com sua própria experiência.

Conte Suas Bênçãos

Parte de desfrutar a abundância em sua vida é se concentrar no que você tem, não no que falta. Esta é a atitude que o levou ao status de milionário e esta é a atitude que ajuda a mantê-lo nesta posição. Você entende que está entre os mais afortunados cidadãos do mundo, mesmo que você já tenha cometido alguns erros ou tenha enfrentado alguns contratempos.

Você tem um sentimento de gratidão e de realização mas não é aquele sentiment de que ganhou tudo de mão beijada. Você sabe que você conquistou o sucesso e não se sente culpada de desfrutá-lo.

Você acredita em viver uma vida regrada — uma vida em que suas necessidades físicas devem ser atendidas, seus desejos devem estar em consonância com sua bússola moral; e sua saúde mental, emocional e espiritual tem seu devido peso na tomada de decisões.

Fonte! Chasque publicado no sítio Educação Financeira e Finanças Pessoais. Para acessar, abra as porteiras clicando em http://www.educacaofinanceira.info/1156/como-saber-se-voce-e-um-milionario/ 
 
...............................

Bueno! Com um chasque que é uma aula sobre finanças pessoais, O Bolso da Bombacha deseja a toda gauchada e amigos que aqui vem tomar o seu mate, um baita ano de 2012. Desejamos também que todos os seus projetos, suas metas e sonhos, se concretizem no novo ano, principalmente aqueles sonhos e metas que te levam pro futuro, ou seja, o da felicidade lá na terceira idade, quando tu te aposentares.

Valdemar Engroff - o Gaúcho Taura