sábado, 13 de julho de 2013

Cheque especial está mais caro

São Paulo — A taxa de juros cobrada pelos principais bancos do país sobre o uso do cheque  especial subiu 0,02 ponto percentual na média, com variação de 7,95% no mês e de 150,46% no ano, apurou a pesquisa da Fundação Procon de São Paulo, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania. O levantamento, feito no dia 2 deste mês, indica os percentuais aplicados por sete instituições financeiras.

O custo mais elevado foi constatado no Bradesco, com correção mensal de 6,19%. O Itaú tem a segunda maior taxa de juros, com 6,02%. Em seguida, vieram o Santander, com taxa de 5,91%, o HSBC, com 5,77%, o Safra, com 4,9%, o Banco do Brasil, com4,32%, e a Caixa Federal, com 3,51% ao mês.

Fonte! Chasque publicado nas páginas do Correio do Povo de Porto Alegre, na edição do dia 12 de julho de 2013.
Nota do Sítio: sempre leve em consideração que o cheque é especial apenas para o banco. Para ti, pode ser o estouro da tropa, a tua insolvência financeira, quando utilizado indevidamente...
Valdemar Engroff - o gaúcho taura