quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Cuidado com os títulos de capitalização

Cuidado com os títulos de capitalização. Eles estão longe de serem um bom investimento (se é que podemos chamá-los assim).


Quem é que nunca foi convidado, na agência ou por telefone, pelo seu gerente do banco, para “investir” o seu dinheiro em algum título de capitalização?

Não sei se na ocasião você topou ou não, e caso tenha topado, não fique triste. Eu já comprei esse tipo de “mico” também. 

Faz bastante tempo, mas já caí nesse conto, e isso só aconteceu (e continua a acontecer com muitos) porque na época faltou conhecimento para eu me defender dos argumentos do gerente e principalmente para entender que há investimentos muito (mas muito mesmo) melhores.

Então, sem pestanejar: título de capitalização é o pior investimento que você pode pode fazer.
Uma maneira simples de definir o que é um título de capitalização é dizer que é uma mistura de bolão com loteria. Isso não é um investimento, é um jogo! E como todos os jogos, precisamos avaliar quais são as chances de ganhar. Tá bom, nem vamos perder tempo com isso. Elas são muito pequenas (para nós, é claro, porque para os bancos são ótimas).

Vou usar alguns dados aleatórios de prazos e quantidades de sorteios para explicar. Funciona assim: você deposita R$ 200,00 em dinheiro para pagar o título de capitalização todos os meses, por um período de 12 meses. A cada mês ocorre um sorteio. Se você for o sorteado, ganha uma quantia maior em dinheiro (uns R$ 50.000,00 por exemplo). Se não for, então no final dos 12 meses recebe seu dinheiro de volta, sem juros (eu disse sem juros).

Enquanto isso, só a inflação (considerando os 12 últimos meses) nesse período foi de cerca de 10%.

Há mais detalhes envolvidos nos títulos de capitalização, e convidamos você para acessar um material que a Empiricus, nossa parceira de conteúdo, preparou através de seu canal de finanças pessoais Criando Riqueza. Eles montaram um relatório interessante falando não apenas sobre os títulos de capitalização, mas sobre os 7 investimentos mais oferecidos pelos bancos para seus clientes.

Esse relatório irá te ajudar a se proteger e tomar boas decisões sobre onde investir seu dinheiro. Clique aqui para ser direcionado para uma página onde o Criando Riqueza explica mais sobre como acessar o relatório, que é gratuito.

Até a próxima!

Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.

Foto “deceived”, Shutterstock.

Fonte! Este chasque, da Empíricus, foi publicado no sítio oficial do Dinheirama, no dia 21 de janeiro de 2016. Abra as porteiras clicando em  http://dinheirama.com/blog/2016/01/21/cuidado-titulos-capitalizacao/

Cuidado com os títulos de capitalização
Títulos de capitalização - Foto: Shutterstock
Quem é que nunca foi convidado, na agência ou por telefone, pelo seu gerente do banco, para “investir” o seu dinheiro em algum título de capitalização?
Não sei se na ocasião você topou ou não, e caso tenha topado, não fique triste. Eu já comprei esse tipo de “mico” também. Faz bastante tempo, mas já caí nesse conto, e isso só aconteceu (e continua a acontecer com muitos) porque na época faltou conhecimento para eu me defender dos argumentos do gerente e principalmente para entender que há investimentos muito (mas muito mesmo) melhores.
Então, sem pestanejar: título de capitalização é o pior investimento que você pode pode fazer.
Uma maneira simples de definir o que é um título de capitalização é dizer que é uma mistura de bolão com loteria. Isso não é um investimento, é um jogo! E como todos os jogos, precisamos avaliar quais são as chances de ganhar. Tá bom, nem vamos perder tempo com isso. Elas são muito pequenas (para nós, é claro, porque para os bancos são ótimas).
Vou usar alguns dados aleatórios de prazos e quantidades de sorteios para explicar. Funciona assim: você deposita R$ 200,00 em dinheiro para pagar o título de capitalização todos os meses, por um período de 12 meses. A cada mês ocorre um sorteio. Se você for o sorteado, ganha uma quantia maior em dinheiro (uns R$ 50.000,00 por exemplo). Se não for, então no final dos 12 meses recebe seu dinheiro de volta, sem juros (eu disse sem juros).
Enquanto isso, só a inflação (considerando os 12 últimos meses) nesse período foi de cerca de 10%.
Há mais detalhes envolvidos nos títulos de capitalização, e convidamos você para acessar um material que a Empiricus, nossa parceira de conteúdo, preparou através de seu canal de finanças pessoais Criando Riqueza. Eles montaram um relatório interessante falando não apenas sobre os títulos de capitalização, mas sobre os 7 investimentos mais oferecidos pelos bancos para seus clientes.
Esse relatório irá te ajudar a se proteger e tomar boas decisões sobre onde investir seu dinheiro. Clique aqui para ser direcionado para uma página onde o Criando Riqueza explica mais sobre como acessar o relatório, que é gratuito.
Até a próxima!
Nota: Esta coluna é mantida pela Empiricus, que contribui para que os leitores do Dinheirama possam ter acesso a conteúdo gratuito de qualidade.
Foto “deceived”, Shutterstock.
- See more at: http://dinheirama.com/blog/2016/01/21/cuidado-titulos-capitalizacao/#sthash.tS6GletB.dpuf
Cuidado com os títulos de capitalização. Eles estão longe de serem um bom investimento (se é que podemos chamá-los assim). - See more at: http://dinheirama.com/blog/2016/01/21/cuidado-titulos-capitalizacao/#sthash.tS6GletB.dpuf
Cuidado com os títulos de capitalização. Eles estão longe de serem um bom investimento (se é que podemos chamá-los assim). - See more at: http://dinheirama.com/blog/2016/01/21/cuidado-titulos-capitalizacao/#sthash.tS6GletB.dpuf
Cuidado com os títulos de capitalização. Eles estão longe de serem um bom investimento (se é que podemos chamá-los assim). - See more at: http://dinheirama.com/blog/2016/01/21/cuidado-titulos-capitalizacao/#sthash.tS6GletB.dpuf