quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Atitude 86! Seguradora não cobre cagaço

Boa noite gauchada do Rio Grande e desta terra em redor que chamamos de mundo!

Última postagem aqui no sítio: dia 26 de junho do corrente ano. Portanto, há sessenta dias. Um dia após ter levado um cagaço de uns pivetes, uns "chilenos", deliquentes, que levaram o meu carro, comigo dentro, me "mandando descer"algumas quadras depois..... Levaram ele e em meia hora foi localizado em bairro vizinho, depenado (sem estepe, macaco, extintor, bateria, rádio e painel e para-brisa totalmente danificados).

Graças ao seguro consegui reparar o veículo, tendo que usar a reserva de emergências para cobrir o valor da franquia, de R$ 1.042,00. Mas, te digo meu amigo, não tem seguro que apaga a tua impotência perante uma situação destas, a tua revolta, indignação, raiva e as noites de sono perdidas..... mas também te digo que seria bem pior se o seguro fosse apenas a sorte e não o de uma seguradora gabaritada para tal....

Moro num lugar tranquilo, apesar da cidade onde estou aquerenciado (morando) há 25 anos, sofrer o preconceito de ser de bandidos, de ser campeão em crimes e outros adjetivos pejorativos e até preconceituosos. Mas, a insegurança no Rio Grande do Sul é geral. Aumentou assustadoramente nos últimos meses e Alvorada é apenas uma cidade dormitório, onde a grande massa populacional é considerada pobre, fazendo com que a cidade ocupe o penúltimo lugar no PIB per capita ano Rio Grande do Sul.

Doravante, vamos retomar com as postagens sobre finanças pessoais e economia aqui no O Bolso da Bombacha.

Fonte da arte! http://josefranciscoartigos.blogspot.com.br/ 

Valdemar Engroff