segunda-feira, 23 de abril de 2012

Atitude 64! Se estiver na Dúvida, aplique a Regra dos 200!

Bueno! Se o vivente não gostou ou se "embaralhou" com os dois chasques (matérias) anteriores, publicados aqui no sítio:
1 - "Não acredite na taxa de retirada de 4% para aposentar! Pense, estude e aja financeiramente bem". Abra as porteiras clicando em http://www.obolsodabombacha.blogspot.com.br/2012/04/nao-acredite-na-taxa-de-retirada-de-4.html;
2 - "Aposentadoria! A regra dos 4%". Abra as porteiras clicando em http://www.obolsodabombacha.blogspot.com.br/2012/04/aposentadoria-regra-dos-4.html.


Retrato de Ana Paula Centenaro Engroff
Trago-lhes uma terceira alternativa, que considero fácil e prática de aplicar. Mas, o vivente precisa projetar uma renda mensal em valores atuais, para chegar à velhice, para quando realmente ele pendurar as chuteiras ou quando tirar as botas.....!

No ano passado, o consultor Augusto Saboia esteve na Expomoney Porto Alegre, e, numa de suas palestras ele trouxe para os participantes a REGRA DOS 200, ou seja, multiplica a sua renda atual por 200. É bem simples, conforme os exemplos abaixo:
1 - Se a projeção for de uma renda mensal de R$ 1.000,00 x 200 = 200.000,00;
2 - Para uma renda mensal de R$ 2.000,00 x 200 = 400.000,00
2 - Projetando uma valor mensal de aposentadoria no valor de R$ 5.000,00 x 200 = 1.000.000,00, e assim por diante.

Ou seja, para uma renda mensal de R$ 1.000,00 vais precisar de um capital financeiro (ou seja, em dinheiro) acumulado ao longo da tua vida de no mínimo R$ 200.000,00, assim como, vais precisar no mínimo R$ 400.000,00 para uma renda mensal de R$ 2.000,00 e de R$ 1.000.000,00 para uma renda mensal de R$ 5.000,00 - na tua velhice. Portanto, comece a agir desde já, aplicando no TEU futuro, pois não dá pra contar somente com a aposentadoria pública, pois esta, terá a tendência de diminuir cada vez mais ao longo do tempo, ou seja, contando só com ela, vais passar necessidades e vais depender dos teus filhos, além da boa vontade dos teus genros e noras...

E segundo Saboia, nesta mesma palestra, projetou que, se o vivente aplicar, para fins de aposentadoria, por trinta anos, R$ 300,00 mensais, vai chegar no final deste tempo, em valores de hoje, R$ 1.000.000,00. Mais um motivo para não deixar da manhã pra tarde, de hoje pra amanhã, deste ano pro ano seguinte. É começar já, pois, quanto mais cedo se começa a acumular valores para este fim, menos se precisa. Ao contrário, quando se começa muito tarde, pois o tempo passou, muito mais dinheiro será necessário para chegar aos objetivos financeiros para fins de aposentadoria.

Prepare-se da forma mais arrojada possível, pois tu podes viver muito mais do que a atual espectativa de vida, pois, a tendência é as pessoas viverem mais e mais. E vivendo mais, mais dinheiro vão precisar até o fim da sua vida. Isto quer dizer que no futuro, esta regra dos 200, possa se transformar numa regra dos  250 ou até 300, por exemplo. Aí, a tua projeção mensao deverá ser multiplicada por 300, ou seja, o teu capital financeiro acumulado deverá ter um aumento considerável.

Baita abraço

Valdemar Engroff - o gaúcho taura