sexta-feira, 29 de abril de 2011

Atitude 44! As primeiras passagens aéreas foram pagas com moedas de R$ 1,00!

Bueno! No final do ano passado, minha filha menor quebrou o seu segundo "porquinho" e de lá somou entre moedas e cédulas R$ 647,00, que foram parar na sua caderneta de poupança. E para eu não comprar um porquinho pra mim, comprei um novo porquinho pra ela e outro pra filha Bibiane. E eu peguei um litrão de refrigerante, fiz um orifício à faca e começei a "investir nele" depositando somente moedas de R$ 1,00.

O objetivo traçado foi ajuntar o suficiente para viajar de avião até São José dos Campos (SP) nas férias escolares de julho deste ano. Mas quando descobrimos que a Azul tinha uma linha de Porto Alegre, com escala em Curitiba até São José dos Campos, e como já sabíamos que teria um baita fandango no galpão do CTG Saudades da Querência no dia 9 de abril, com a animação dos nossos amigos - o Conjunto Musical Os Pampeiros, em março "estouramos o litrão", contamos as moedas e as vendemos na Madeireira Zanotelli, do Genesvile e da Fátima, estabelecidos no nosso bairro.... e fomos comprar as passagens. Com o litrão pela metade, contamos em moedas de R$ 1,00 um total de R$ 550,00. E as passagens de ida e volta, minha e da Marilene custaram R$ 632,00. O restante saiu da reserva de emergência, bem com a passagem (ida e volta) da Ana Paula.

Tínhamos opções de comprar as passagens parceladas. Aliás, esta foi a primeira opção informada pela agência de viagem (por que será???). Não temos mais cartão de crédito para evitar este tipo de proposta. Quando compramos alguma coisa, seja lá o que for, compramos à vista, ou então não compramos, deixamos a vontade passar e começamos a guardar os cobres (dinheiro) para a compra no futuro, nem que seja a partir de moedas de R$ 1,00!

A fascinante história e viagem que nós nos proporcionamos, e proporcionamos a grande família Pampeiros, ao Valmir e ao CTG Saudades da Querência,  tu podes ler no Sítio do Gaúcho Taura. Para isso, basta abrir a cancela clicando em http://sitiodogauchotaura.blogspot.com/2011/04/foi-muito-mais-do-que-um-fandango-em.html

Baita abraço

Valdemar Engroff - o gaúcho taura