segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Atitude 97! Um carvaval com fandango e a leitura do livro do Éverton Lopes

Bueno! Findo o mês de dezembro, mais precisamente uma semana antes do final de semana do natal, os CTGs (Centros de Tradições Gaúchas), que são "os templos ao culto das tradições e legados dos nossos antepassados", dão uma pausa para os festejos natalinos, de virada de ano e as merecidas férias, que culminam com as férias escolares e o retorno às atividades tradicionalistas nos galpões destes CTGs é após o carnaval (a grande maioria) e uma minoria volta lá no começo de março, com ensaios das suas invernadas artísticas (grupos de danças), elaboração do calendário das atividades culturais e eventos sociais, entre os quais os fandangos gaúchos (os bailes), os eventos campeiros (rodeios crioulos) e os festejos farroupilhas de setembro.


Churrasco: espeto cravado no cepo
Mas, terminando o ano, já fico camperiando pra ver se não tem as exceções, ou seja, algum fandango em janeiro e fevereiro. No sábado de carnaval é bem difícil de achar algum CTG que vá programar um fandango. Mas tive sorte pois no sábado passado (dia 10 de fevereiro), enquanto as escolas de samba de São Paulo desfilavam no Anhembi, me desloquei, de mala e cuia para o CTG Sinuelo da Feitoria em São Leopoldo, que programou o grande jantar baile de aniversário, tendo no cardápio, o churrasco, com o espeto cravado no cepo.

O domingo foi para descansar e atualizar o orçamento doméstico. Além do almoço em Porto Alegre - aniversário da sogra, a "nona" Lourdes Saretta Centenaro.

Créditos! Éverton Lopes
Segunda-feira, além do descanso, chegou a hora de "debulhar", de ler um livro que tive a honra de participar quando foi lançado na 62ª Feira do Livro de Porto Alegre - RS, mais precisamente na sessão de autógrafos do dia 09 de novembro de 2016 do mais novo trabalho, o livro Vivendo a Sua Realidade Financeira, pelo meu amigo Everton Lopes, o Dr. Money Sul, cuja obra trata "com sustentabilidade e melhor qualidade de vida possível, com a sua renda através da Prática dos 4 A's", criado pelo próprio autor.

Créditos! Éverton Lopes
Li a obra num upa, como se diz aqui nos pagos do Rio Grande do Sul (li rapidinho), sendo de fácil assimilação, pois o autor define na página 4, que "o propósito de vida financeira que verdadeiramente queremos é viver uma vida próspera, pois não podemos viver endividados e sempre correndo atrás da máquina, trabalhando para pagar dívidas contraídas por atos impulsivos e impensados. Precisamos priorizar o que é verdadeiramente mais importante em nossas vidas e com certeza não é o dinheiro".

Para o vivente adquirir a obra, basta abrir as porteiras clicando em http://evertonlopes.com.br/, clicando no linck "livros". Ali tu também encontrarás os outros livros do educador financeiro Everton Lopes:
Créditos! Éverton Lopes

1 - Seu Bolso no Divã - para mim, um livro cativante, um misto de romance baseado em fatos reais (sem citar nome, pois o nome do brasileiro, dado pelo autor é o "Bolso"), que, segundo está no seu sítio, "conta a história de um brasileiro que, como a maioria, se encontra endividado. Mas ele tem um importante diferencial: pretende dar um basta nisso e deixar de ser refém dos juros altos, passando a fazer seu dinheiro trabalhar para ele daí pra frente. Para isso, ele começa a seguir as orientações do especialista em finanças pessoais e investimentos para estar sempre com dinheiro, gastando menos do que ganha e investindo bem a diferença".

Créditos! Éverton Lopes
2 -  Do Economês para o Português - um verdadeiro "mini-manual" das finanças, dos cobres, do bolso da bombacha, que, segundo o sítio do autor  "é um guia prático de Finanças Pessoais no formato de bolso estando sempre a sua disposição em sua bolsa, pasta, casa ou escritório sanando de imediato dúvidas em sua vida financeira, ajudando você a cuidar do seu dinheiro, com dicas práticas de economia em uma linguagem simples para uso em seu dia-a-dia".

Créditos! Éverton Lopes
3 - Então, este gaúcho recomenda os três livros acima mencionados, do educador financeiro Éverton Lopes. Ainda tem um, onde o autor estreou na literatura das finanças pessoais, junto com mais quinze "mentes brilhantes". O nome da obra é Nova Gestão do Conhecimento e este é um livro que ainda vou ter que buscar para o meu acervo.

Baita abraço

Valdemar Engroff - o gaúcho taura!