terça-feira, 13 de março de 2012

Como quebrar o ciclo do endividamento

Com a inadimplência em alta, é preciso cuidado para não cair ainda mais na ciranda do endividamento. O educador financeiro Reinaldo Domingos, autor do livro Livre-se das Dívidas sugere a criação de estratégia para sair das dívidas e cita como principal preocupação livrar-se das dívidas de juros maiores, como no cheque especial ou no cartão de crédito.


Mas alerta que é fundamental negociar essas contas antes de pagar, reduzindo ao máximo os juros e as multas. Já para os contribuintes que não têm dívidas o ideal é investir o dinheiro, segundo Domingos nesta hora existem diversos tipos de investidores.

O educador sugere ao consumidor que, antes de qualquer compra, faça uma série de indagações:

Eu realmente preciso desse produto?

O que ele vai trazer de benefício para a minha vida?

Se eu não comprar isso hoje, o que acontecerá?

Estou comprando por necessidade real ou movido por outro sentimento, como carência ou baixa autoestima?

Estou comprando por mim ou influenciado por outra pessoa ou por propaganda sedutora?

Se mesmo diante deste questionamento, a pessoa concluir que realmente precisa comprar o produto, seria prudente fazer mais algumas perguntas como:

De quanto eu disponho efetivamente para gastar?

Tenho o dinheiro para comprar à vista?

Precisarei comprar a prazo e pagar juros?

Tenho o valor referente a uma parcela, mas o terei daqui a três, seis ou doze meses?

Preciso do modelo mais sofisticado, ou um básico, mais em conta, atenderia perfeitamente à minha necessidade?

Fonte!Chasque publicado no sítio Blog da Bela, no dia 13 de março de 2012. Abra as cancelas clicando em http://wp.clicrbs.com.br/blogdabela/2012/03/13/como-quebrar-o-ciclo-do-endividamento/?topo=13,1,1,,,13