quinta-feira, 5 de maio de 2011

Finanças pessoais: despesa para criar um filho chega a R$ 1 milhão

 Valor se refere à perda de uma poupança feita durante 23 anos


Ewald na palestra Dicas para Fazer Sobrar Dinheiro
Quem olha para o filho, ou para a filha, criados, com seus 23 anos, já às vésperas de se formar, não imagina o gasto que representaram. De R$ 800 mil a R$ 1 milhão seria o rendimento dos pais que aplicassem todo o dinheiro gasto com um filho ao longo desse período. E, relembre, as despesas não foram poucas: alimentação, plano de saúde, roupas e escola. É com este exemplo engraçado, mas real, que Luis Carlos Ewald, o Senhor Dinheiro do Fantástico, arranca sorrisos da plateia, mas estimula as pessoas a pensarem sobre seus gastos.

Ontem, Ewald esteve em Salvador apresentando a palestra Dicas para Fazer Sobrar Dinheiro, na 4° edição da Expo Money, que acontece até hoje, no Hotel Fiesta. O Senhor Dinheiro ainda lembra que “filhos dão filhotes”, e conta que hoje paga a escola da neta, que representa R$ 1.100 a menos no seu orçamento.

Escolhas feitas, a ideia é estimular as pessoas a analisarem cada um de seus gastos. Porém, para ter uma vida financeira saudável cada uma das despesas deve ser pensada por toda família. “Meus filhos jamais ganharam um ovo de Páscoa no domingo. No dia seguinte, eu compro o mesmo ovo muito mais barato”, diz o especialista.

Com outro exemplo, sobre como educar as crianças e poupar simultaneamente, o Senhor Dinheiro conta sobre a festinha de aniversário que fez para a neta de 3 anos. No total foram 60 presentes e no final da noite, ele deu 20 presentes para a criança abrir. “Para uma menina de 3 anos, o prazer está em rasgar a embalagem e não no presente em si”, salienta. Resultado, Senhor Dinheiro guardou os outros 40 presentes para serem dados em outros aniversários de coleguinhas e para a própria neta em outras ocasiões.

Dia a dia O que pode parecer mesquinho, traz resultados na prática. Senhor Dinheiro dá outro exemplo comum na rotina das pessoas. Sabe aquela ligação que você recebeu no celular, mas não pode atender? Não retorne, afinal de contas quem quer falar com você é a pessoa que ligou. Para que gastar dinheiro se ela deve ligar de volta? E quando Senhor Dinheiro fala sobre gasto se refere realmente a cada um deles. Para ele é fundamental que a pessoa anote até o cafezinho na sua planilha de despesas.

Para Ewald, esta fórmula para uma vida financeira saudável é simples: tem que calcular o que sobra de dinheiro e saber como aplicar. Claro que, antes disto, é necessário aprender a organizar o orçamento doméstico, para trabalhar sempre com o saldo positivo no final do mês. “Tem que reunir a família e fazer um levantamento de tudo que gasta. Mas é como uma dieta, para ser boa tem que ser bem feita”, ressalta o especialista.

Só nos itens morar, comer e ir e vir, os brasileiros gastam 70% da renda, independentemente da classe social. O Senhor Dinheiro ironiza para exemplificar como a cultura do brasileiro é de gastar e se endividar. “Estou pobre, mas assisto a minha TV de LCD, 56 polegadas”, detalha. O consultor diz que sua antiga TV tinha 13 anos e ele só trocou por ela ter queimado.

Cuidado com compras parceladas

Antes de se endividar e gastar mais do que ganha, o Senhor Dinheiro sugere que a pessoa observe as despesas financeiras, que nos seus cálculos podem chegar a R$ 156 mensais. Ele lista que um indivíduo pode gastar R$ 43 com os juros do cheque especial, R$ 22 da anuidade do cartão de crédito, R$ 12 com as multas por atrasos, R$ 18,50 de tarifas bancárias e R$ 61 com os juros dos empréstimos bancários. Isso tudo apenas no orçamento de um mês.

Reginaldo Souza, comerciário, que acompanhou a palestra do Senhor Dinheiro, ontem, no Expo Money, admite que comete um grande erro: sempre faz suas compras parceladas. “Achava que era mais econômico do que à vista. Mas hoje percebo que pagando com dinheiro, eu posso pedir desconto”, diz Souza. Agora, a promessa do comerciário é mudar.

Como se aposentar

A Expo Money segue até hoje no Hotel Fiesta Bahia (Itaigara), com inscrições gratuitas. Os interessados em participar podem se inscrever no site do evento – www.expomoney.com.br – que acontece das 13h às 21h30. No local, há estandes de instituições financeiras, corretoras e até orientações sobre como investir no Tesouro. Já as palestras são divididas em níveis sobre o conhecimento em finanças: básico, intermediário e avançado.

Hoje, a exposição conta com a palestra de Augusto Sabóia, especialista em finanças pessoais. Com a temática O Poderoso Vovô: A Saga Rumo à Aposentadoria, o consultor dará dicas para que as pessoas consigam planejar seus gastos e, ao mesmo tempo, poupar para aquisições futuras e para uma velhice tranquila. A palestra está marcada para as 13h40.

Dicas para uma vida financeira saudável

Planilhas Anote tudo que você gasta em uma planilha. Tudo mesmo. Até o cafezinho deve entrar na lista

Chuveiro Se ligou o ar condicionado, não ligue o chuveiro elétrico, afinal de contas, se precisou resfriar o ambiente é porque o tempo está quente

Celular Não retorne ligações. Se a pessoa quiser falar com você, ela ligará novamente. Telefonia tem sido um item que sobrecarrega o orçamento dos brasileiros

Despesas Não tenha despesas financeiras com juros e multas. Tente comprar tudo à vista

Desperdício Leve toda a comida que sobrar no restaurante. Não tenha vergonha de pedir uma quentinha. O desperdício de comida é desperdício de dinheiro

Promoções Nos supermercados priorize as compras do que encontrar em promoção. Senhor Dinheiro já levou 10 litros de óleo de soja por R$ 1,85 cada

Supermercados Procure ir todas as semanas para se familiarizar com os preços

Festas Evite fazer compras em períodos festivos, quando tudo está mais caro. Por exemplo, deixe o chocolate para depois da Páscoa

Fonte! Chasque de Luciana Rebouças, publicado no sítio do Correio da Bahia, no dia 05 de maio de 2011. Retrato de Robson Mendes/Correio. Acesse o sítio abrindo a cancela clicando em http://www.correio24horas.com.br/