domingo, 6 de setembro de 2015

Como identificar e resolver os desperdícios do dia a dia

Como identificar e resolver os desperdícios do dia a dia Gabriel Renner/Arte ZH
O repórter Erik Farina, retratado pelo ilustrador Gabriel Renner, produzirá as matérias da série Encare a Crise Foto: Gabriel Renner / Arte ZH


Especialistas em finanças apontam exemplos de gastos desnecessários e dão dicas de como evitá-los

Por onde vaza seu dinheiro

Especialistas em finanças apontam os desperdícios mais comuns entre os brasileiros, e dão dicas de como evitá-los.
A receita de quem está conseguindo equilibrar o orçamento

Os pequenos gastos


Produtos perecíveis — Anote quanto, exatamente, sua família consome por semana de presunto, queijo, carne, frutas e legumes. São produtos de pouca durabilidade, e com facilidade estragam na geladeira.

Lanche no trabalho — A tia do lanche ou o dono do bar devem adorar, mas seu gasto com sanduíches, salgados e café é muito maior no trabalho do que se você comprar os ingredientes e prepará-los em casa
.
Salão de beleza — O valor dos serviços, em geral, disparou nos últimos anos. Aprender a fazer escova ou as unhas em casa pode trazer uma economia surpreendente. 

Passeios caros — Na busca por comodidade, famílias costumam trocar praças, parques e exposições por shoppings, com seus cinemas, estacionamentos e lanchonetes. É um prazer cada vez mais caro.

Água — Pequena mudanças podem fazer a diferença na conta: fechar a torneira enquanto se escova os dentes, desligar o chuveiro ao se ensaboar e evite usar água toda vez que for limpar o pátio ou a calçada, preferindo pá e vassoura.

Os gastos médios

Telefonia — A popularização dos smartphones conduziu muitos usuários a planos pós-pagos. Avalie se o pacote casa com a sua necessidade. Também reflita se vale a pena manter um telefone fixo em casa. 

Alimentação na rua — Alterne a visita a restaurantes com tele entregas ou jantares com amigos em casa, também prazerosos. Pesquise cupons de descontos em sites e aplicativos.

Academia — No anseio de que chegou a hora de perder peso, muita gente antecipa mensalidades de academia para aproveitar promoções. Vá com calma: conheça seu ritmo de treino e tenha certeza de que aproveitará o que está pagando.

Supermercado — Para evitar compra por impulso ou gasto exagerado, tenha uma lista, com quantidade necessária e o preço pago na compra anterior. Isso vai facilitar a comparação.

Luz — Substitua lâmpadas incandescentes por opções econômicas, evite deixar na tomada eletroeletrônicos quando não estiverem em uso e só ligue o ar condicionado se for ficar mais de 20 minutos no ambiente.

Os grandes gastos

Pacote de TV a cabo — Coloque na ponta do lápis quais canais você realmente assiste. Precisa mesmo de um pacote de R$ 270 por mês — ainda mais considerando o avanço dos serviços de streaming? 

Parcelas no cartão — Quando não consegue pagar todas as contas, há quem opte por parcelar a fatura do cartão de crédito. É um tipo no pé: com juros acima de 300% ao ano, o chamado crédito rotativo compromete o orçamento por muitos meses.

Carro extra— Sua família precisa mesmo de um segundo carro, ou bastaria organizar a rotina de todos? Dois anos de gastos com um carro (considerando financiamento, gasolina, seguro, combustível e manutenção) equivalem ao preço de um novo automóvel. 

Segunda casa — É como o carro: gasta-se muito para ter, mas, às vezes, não se usa tanto. A venda de um imóvel na Serra ou no Litoral pode render um valor que, se investido, poderá garantir férias de luxo ao final de um ano. 

Empregada — A Lei dos Domésticos tornou esse serviço mais caro. Avalie se não vale mais a pena pagar por faxina, ou aproveite a oportunidade para envolver toda família em tarefas de casa.

Fonte: Denílson Alencastro, da Geral Investimentos, Marcelo Ferzola, da MFF Consultoria, e consultor financeiro Mauro Calil.


Chasque (materia) publicado no sítio oficial do Clic RBS / Zero Hora, no dia 01 de setembro de 2015. Abra as porteiras clicando em:  http://zh.clicrbs.com.br/rs/vida-e-estilo/noticia/2015/09/como-identificar-e-resolver-os-desperdicios-do-dia-a-dia-4837292.html?utm_source=Redes%20Sociais&utm_medium=Hootsuite&utm_campaign=Hootsuite