terça-feira, 27 de setembro de 2011

Expo Money Internacional São Paulo reúne mais de 20 mil pessoas

O Shopping do Seu Dinheiro amplia o leque de conhecimento sobre finanças e carreira, supera a expectativa de público em 9% e confirma o conceito para outras quatro cidades ao longo de 2011.

São Paulo - A 9ª Expo Money Internacional São Paulo, maior evento de educação financeira e de investimentos da América Latina, superou as expectativas dos organizadores e reuniu 20.171 visitantes durante os três dias, crescimento de 9% em relação ao ano passado. A edição trouxe neste ano o conceito "Shopping do Seu Dinheiro", onde os participantes encontraram no mesmo local as melhores opções para aprender a ganhar dinheiro, informações sobre como aplicar nos mais diversos tipos de investimento, como bolsa, renda fixa, franquias, e, principalmente, como se orientar financeiramente e planejar o futuro.

Nos três dias de evento, os iniciantes puderam adquirir mais conhecimentos sobre as finanças pessoais, aprender sobre planejamento e dar os primeiros passos rumo à independência financeira. Já os investidores iniciados ou mesmo avançados tiveram a oportunidade de conversar diretamente com profissionais de relações com investidores das empresas de capital aberto, e aprender com especialistas sobre diversos temas, como análise técnica e fundamentalista, macroeconomia, opções, de renda fixa e variável e home broker.

Neste ano, o evento trouxe os principais consultores e escritores do Brasil e também atrações internacionais, como o autor português do best seller "O seu primeiro milhão" e "O primeiro milhão para casais", Pedro Queiroga Carrilho, que falou sobre sua experiência como o primeiro escritor português a produzir um livro com dicas de investimento especificamente para portugueses; e o famoso grafista norte-americano Greg Morris, conhecido por traduzir os gráficos para o investidor individual, que ministrou duas palestras: "Como administrar seu patrimônio com Análise Gráfica", voltada para iniciantes no mercado financeiro; e outra designada para o trade de investidores, "Traduzindo o candlestick".

Grandes nomes nacionais, como Gustavo Cerbasi, Luis Carlos Ewald – o Senhor Dinheiro, que em suas duas palestras, reuniu mais de 600 pessoas -, Rafael Paschoarelli, Ricardo Humberto Rocha, Augusto Sabóia, Raphael Cordeiro, Mauro Calil, Jurandir Sell Macedo, também fizeram parte da grade de palestras desta edição.

Nos corredores do evento, os participantes contaram com a presença de empresas como Bradesco, Banco Sofisa, BanifInvest, BM&FBOVESPA, Itaú Unibanco, Rico.com.vc, Ourominas, Banco do Brasil, Geração Futuro, Agência Estado, Tesouro Direto, Magliano Corretora, Black Rock, entre outras.

Já a participação das empresas de capital aberto apresentou um crescimento de 25% em relação a edição anterior. Mais de 20 empresas marcaram presença esclarecendo dúvidas para os potenciais investidores e apresentando a empresa como uma opção de investimento. Entre as presentes estavam: Bradesco, Cemig, CPFL, Itaú Unibanco, Mills, Petrobras, Souza Cruz, Usiminas, Vale, Light, Banco do Brasil, Totvs, BRFoods e AES Tietê/Eletropaulo. Este ano também contamos com a estreia da OdontoPrev, Ecorodovias, Estácio, Vivo, Camargo Correa, SLC Agrícola, e do Grupo Pão de Açúcar.

"Esta é a primeira Expo Money efetivamente internacional. Nos outros anos trouxemos palestrantes de outros países, mas que falavam somente sobre o mercado financeiro brasileiro. Desta vez, as apresentações dos especialistas dos Estados Unidos e Europa abordaram também a realidade de seus países em um cenário econômico mundial de extrema importância", relata Robert Dannenberg, diretor-executivo de negócios da GEO Eventos, organizadora da Expo Money.

"Neste meu primeiro desafio à frente da Expo Money, tive a oportunidade de conversar e conhecer todos os expositores, e a percepção deles sobre o evento foi muito positiva. Todos me confirmaram uma melhora na estrutura e afirmaram que esta evolução vem acontecendo ano após ano. Nossa idéia é que isso continue", afirma Luis Abdal, novo diretor da Expo Money.

Esta foi a primeira experiência de Luis Abdal como diretor da Expo Money. Apesar disso, o executivo esteve presente em outras edições como expositor pela BM&FBOVESPA, onde foi diretor de Marketing e Comunicação nos últimos sete anos. "Seguindo a linha de evolução do evento, os expositores também estão correndo atrás de diferenciais e têm sofisticado suas apresentações nos estandes, trazendo ao local especialistas em técnica e estatística para falar ao público que circula pelo centro de exposições", percebeu Abdal.

O Shopping do Seu Dinheiro chamou a atenção dos visitantes, não só na comunicação visual, mas também no conceito mais amplo que podia ser observado da programação de palestras ao atendimento nos estandes, preocupados em orientar todos os participantes. O conceito criado internamente pela equipe da GEO Eventos, que trouxe o teaser Expo Money: O Shopping do Seu Dinheiro, será levado para o restante das edições da Expo Money no país. As próximas cidades a receberem o evento são Belo Horizonte - MG (18 e 19 de outubro), Vitória – ES (26 e 27 de outubro), Rio de Janeiro – RJ (09 e 10) de outubro e Porto Alegre – RS (29 e 30 de outubro).

Os horários na Clínica Financeira, foram bastante concorridos, confirmando o sucesso pelo terceiro ano consecutivo – mais de 180 atendimentos ao longo dos três dias. O plantão dos 20 consultores foi coordenado por Fabiano Calil e teve patrocínio do Bradesco Vida e Previdência. O serviço de atendimento personalizado e gratuito já recebeu mais de mil atendimentos em todas as edições desde o lançamento em 2009. "É um movimento transformador. As pessoas chegam com dúvidas e incertezas e conseguimos transformá-las em solução", relata Fabiano Calil.

Mais mulheres e cada vez mais jovens - Outra vitrine que movimentou a Expo Money 2011 foi o "Espaço Mulher". Dedicado exclusivamente ao público feminino, realizou 30 palestras sobre finanças, investimentos e carreira e reuniu cerca de 2 mil mulheres. Especialistas como Glória Maria Pereira, autora dos livros "A energia do Dinheiro" e "As Personalidades do Dinheiro", e a autora da Coleção Expo Money Márcia Tolotti - "As armadilhas do consumo" - orientaram o público em como lidar com as finanças em família, evitar consumos desnecessários, entre outros temas. "Percebi que as mulheres interessadas por educação financeira estão mais jovens. Isso é ótimo, pois podemos atingi-las na idade ideal para se prepararem para uma vida com mais instrução e conhecimento sobre seus gastos", disse Márcia Tolotti.

A participação das mulheres no evento em geral também evoluiu desde a primeira edição. Em 2003, elas representavam 15% do público, já este ano a participação saltou para 38%.

No Talk Show do Seu Dinheiro, espaço onde os especialistas são convidados a conceder entrevistas sobre o conteúdo apresentado nas palestras e tirar dúvidas dos visitantes, aconteceram 37 entrevistas. [ Os vídeos: http://www.youtube.com/user/EventoExpoMoney ].

Histórico do evento - A história da Expo Money pode ser contada também através da história dos investidores no país. O primeiro evento aconteceu em São Paulo, em outubro de 2003, quando no Brasil somava-se 85.478 de investidores pessoa física. No ano seguinte, este número saltou para 116.914, enquanto que o número de participantes do evento saltou de 9.182 para 13.366. Nesses nove anos, mais de 280 mil pessoas já participaram dos eventos e o número de cidades a receber a Expo Money também cresceu. Hoje são 13 edições que percorrem Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Salvador (BA), Florianópolis (SC), Brasília (DF), Goiânia (GO), São Paulo (SP), Belo Horizonte (BH), Vitória (ES), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Porto Alegre (RS) e Ribeirão Preto (SP) ao longo do ano.

Fonte! Chasque publicado no sítio Portal Fator Brasil, no dia 27 de setembro de 2011. Abra as cancelas clicando em http://www.revistafator.com.br/