sábado, 17 de março de 2018

Atitude 98! As tentações que te assombram num grande supermercado!

Buenas Gauchada do Rio Grande e de toda esta terra em redor! 

Créditos! Portal das Missões. Abra as porteiras: www.portaldasmissões.com.br
Recentemente, há meia quadra do meu rancho (residência) foi inaugurado um grande empreendimento, um supermercado macanudo (dos bem grandes) e com várias lojas menores em seu interior. Eu fui na semana da inauguração do empreendimento, que é capitaneado (administrado) pelos próprios proprietários - onde conheço a maioria deles.... Não comprei nada naquele dia. Apenas fui visitar e desejar sorte para os administradores.

No meu rancho (casa) não costumamos frequentar estes empreendimentos para fazer as compras da semana ou do mês. Costumamos comprar o que é preciso, de imediato, dando preferência aos pequenos bolichos (mercadinhos) do bairro. 

Mas ontem pensei: "vou comprar um pouco de carne". E fui no grande supermercado citado acima..... Mas quase caí na asneira e comecei a namorar os preços e fazer comparações de valores..... e não é que algumas bebidas estavam com preços de derrubar o gaúcho.... estavam nas ofertas do dia e já estava me empolgando e tentando levar uns dois fardos de latões de cerveja das buenas.

Mas aí me deu um estalo: "vim comprar carne e pão. E é isso que vou levar". 

Dei um chega pra lá nas latas de cerveja, pois afinal, esta compra não estava programada para acontecer. Me lembrei que em algumas palestras de educação financeira e em alguns livros desta área, recomendam que "não se vai passear em chopping e em supermercado pois ali é lugar de tu gastar teus cobres (dinheiro)". E comecei a me fazer algumas perguntas antes de efetuar a compra, tais como: está na minha lista de compras? Não! Preciso mesmo efetuar esta compra e agora? Não!

Com o advento, com a chegada da educação financeira na minha família, a tendência é esta: dar oportunidade aos pequenos bolichos (pequenos comerciantes), que tem um atendimento personalizado, e, não tendo um "vasto sortimento" de produtos em suas pacatas prateleiras, as tentações te assombram menos para tu gastares mais dinheiro do que o planejado. E assim, tu realmente vais gastar menos e o pequeno comércio, mesmo vendendo menos do que o grande bolicheiro (comerciante), sobrevive e consegue administrar o seu pequeno empreendimento comercial, graças as pequenas compras feitas por nós e pelos seus demais vizinhos.

Isto todo o vivente deve fazer quando vai para os bolichos (supermercado e comércio em geral): 
1 - chasque (listinha) de compras no bolso da bombacha;
2 - estar preparado em termos de dinheiro para comprar o que realmente está nesta lista;
3 - nunca (sob nenhum argumento) comprar parcelado artigos de alimentação e limpeza. Bebidas então.... nem pensar;
4 - estar "calçado" (preparado) para não cair nas tentações das super, hiper, mega ofertas (muitas vezes nem tão vantajosas assim).

Sabe-se que há outras dicas para não ficares com a bombacha só nos panos (sem dinheiro). Afinal de contas, tu trabalhas de sol a sol para ganhar teu rico dinheirinho.... aprenda gostar bem do teu dinheiro, não o gastando em simples tentações em um supermercado.

Então senta o facão no toco e como diz o Educador Financeiro e meu amigo Marcos Silvestre.... e vamos prosperar...!

Valdemar Engroff